Todos os anos, por finais de Maio, há uma noite muito especial em Praga: todas as igrejas abrem as portas a visitantes, mesmo aquelas que ao longo do ano se mantêm encerradas. É um evento especial, que proporciona a muita gente a oportunidade de espreitar o interior destes locais sagrados.

Não sei quando se iniciou esta tradição, mas creio que não terá sido há muito tempo. Talvez por volta de 2010. Nesse ano foi registada uma afluência de 250.000 pessoas, entre locais e turistas em 2013 o número tinha subido para 450.00. Quase meio milhão, uma terça parte da população de Praga. Mas esta é uma ocasião preparada para os checos. O website da Noite das Igrejas – Noc Kostelu – nem tem uma versão em inglês, e as visitas guiadas e passeios organizados são apenas em checo.

noitedasigrejas-02Como tantas vezes acontece, o sucesso da iniciativa é, de certa forma, o seu pior inimigo: cada ano se tem tornada mais complicado usufruir dos benefícios de tanta porta aberta, porque a multidão é cada vez maior e começa-se a ter que esperar longos períodos de tempo para ganhar acesso aos locais mais almejados, como a Rotunda de São Martinho, um edíficio românico do século XI, em Vysehrad.

À medida que os anos vão passando a organização torna-se mais imaginativa: existem padres à disposição para quem desejar debater teologia, são distribuidos cartões onde se pode ter um carimbo de todas as igrejas visitadas – coisa para colecionadores.

Nem todas as oportunidades se resumem a igrejas. Quem gosta de sentir o ambiente extraordinário dos belos cemitérios da Europa Central encontrará os portões abertos para o fabuloso cemitério de Andel, fechado o resto do ano.

PARTILHAR
Artigo anteriorPavilhão Grebovka
Próximo artigoA Noite dos Museus
Ricardo Ribeiro viveu durante três anos em Praga, apenas pelo amor à cidade e um dia decidiu criar um website dedicado à sua paixão. Actualmente mantém os fortes laços emocionais e sociais com Praga e passa alguns meses por ano por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA