capela-betlemska-01

A igreja de Betlemska é famosa. Na sua antecessora, pregou Jan Hus, o paladino reformista que os checos tendem a ver como um herói nacional. Encontra-se no centro de Praga, na zona mais antiga e nobre da cidade. Mas existe uma outra igreja de Betlemska, um pouco mais afastada, sendo um dos segredos mais bem escondidos da capital checa.

Um turista de passagem apenas por acaso chegará ao bairro de Zizkov, a não ser que seja atraído pelo título de bairro na Europa com mais bares por metro quadrado. Contudo, esta zona de Praga, num segundo anel a partir do centro (se considerarmos a praça antiga como tal), tem atualmente muito para oferecer. Durante décadas foi um dos santuários comunistas, habitada por operários e depois reforçada com famílias da minoria cigana. Os seus pubs típicos tem fama de ser os sobreviventes puros e duros destes importantes esteios da cultura urbana dos tempos do comunismo. Mas hoje em dia, Zizkov está a ser redescoberto por um misto composto por checos sofisticados e estrangeiros que procuram um local economicamente acessível mas mesmo assim central e cosmopolita.

capela-betlemska-02

Tudo isto acaba por ser irrelevante para a história que hoje vos trago. Quem descer a rua Prokopova, deixando para trás o parque Parukarka, não poderá imaginar o que se encontra por detrás das banais fachadas de prédios que envolvem aquela artéria da cidade. Mas se experimentar o fecho da porta 216/4, verá que a encontra aberta. Entre. Depois de alguns passos num corredor, estará num pátio. E enquanto centenas de outros pátios idênticos oferecem apenas um pouco de sombra e tranquilidade aos moradores, neste local encontrará uma surpresa espantosa: uma igreja!

A capela de Betlemska, pertencente à Igreja Evangélica, foi construída no inicio do século XX. O autor to projeto foi o arquiteto Emil Kralicek, que combinou elementos cubistas com Arte Nouveau tardia. Em 1913 foi dada autorização para a construção do santuário, e no ano seguinte, a 29 de Junho, ocorreu a estreia solene. Em 1938 a paróquia da aldeia suiça de Balgach doou um sino à capela Betlemska, o que resultou na construção de uma torre sineira e de uma sacristia, num projecto do arquitecto Bohumir Kozak.

Na década de 70 a capela correu perigo de demolição, durante a vasta campanha de renovação urbana do bairro de Zizkov. Mas o bom do padre Frantisek Potmesil conseguiu salvar o edifício, que foi classificado como monumento cultural.

Enfim, uma pérola a que poucas pessoas têm acesso. Certamente não muitos locais conhecem esta pequena igreja, e o número de estrangeiros que a visitam será muito reduzido.

capela-betlemska-03

PARTILHAR
Artigo anteriorA Equipa Desaparecida
Próximo artigoRasjská Zahrada
Ricardo Ribeiro viveu durante três anos em Praga, apenas pelo amor à cidade e um dia decidiu criar um website dedicado à sua paixão. Actualmente mantém os fortes laços emocionais e sociais com Praga e passa alguns meses por ano por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA