16 de Março de 2005. Um eléctrico entra na praça Karlovo em excesso de velocidade, o segundo vagão descarrila e vai embater numa paragem cheia de passageiros. Essa manhã será a última para duas dessas pessoas, mas para muitas outras a vida não tornará a ser a mesma.

Eram 6:30 da manhã quando o acidente ocorreu. Mais tarde descobriu-se que a composição circulava ao dobro da velocidade permitida… devia fazer aquela curva a 15 km/h e fê-la a 32 km/h.  As 32 toneladas varreram a paragem e os passageiros que aguardavam naquela fria manhã. Mas apesar do aparato, não foi o acidente mais violenta da história da cidade envolvendo eléctricos. Esse deu-se em 1982, quando um elétrico descarrilo, caporou e caiu em cima de um carro, causando sete vítimas mortais. A nível nacional a maior catástrofe ocorreu em Usti nad Labem no longínquo ano de 1947, quando um eléctrico ficou descontrolado ao descer uma colina e embateu contra uma composição na base do monte, causado 30 mortos e 100 feridos.

PARTILHAR
Artigo anteriorLetna Beer Garden
Próximo artigoA Vivenda Čapek
Ricardo Ribeiro viveu durante três anos em Praga, apenas pelo amor à cidade e um dia decidiu criar um website dedicado à sua paixão. Actualmente mantém os fortes laços emocionais e sociais com Praga e passa alguns meses por ano por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA