Os detalhes rodeiam-nos a cada momento. Envolvem-nos como criaturas mágicas da florestas, por todo o lado e, contudo, invisiveis na azáfama quotidiana. Para os observar, para os ver, é preciso parar. Fazer o tempo deter-se e olhar em redor.

Só assim poderemos usufruir das pequenas maravilhas. De Praga, e, já agora, de todo o lado. Mas hoje é sobre a cidade checa que importa. Na exposição que se segue, poderá ver alguns pormenores que lhe poderiam passar despercebidos.

São 16 fotografias a côres, recolhidas entre 2005 e 2009, algumas delas retirando a sua energia precisamente de um forte elemento cromático.

PARTILHAR
Artigo anteriorGalerias: Terezin a P & B
Próximo artigoLetna Beer Garden
Ricardo Ribeiro viveu durante três anos em Praga, apenas pelo amor à cidade e um dia decidiu criar um website dedicado à sua paixão. Actualmente mantém os fortes laços emocionais e sociais com Praga e passa alguns meses por ano por lá.

DEIXE UMA RESPOSTA