Para compreender a importância deste local deve o leitor ser informado de que a comunidade vietnamita é a minoria mais numerosa em Praga. Começaram a chegar durante a Guerra do Vietname. A União Soviética e os seus aliados do Leste da Europa apoiavam o regime do Vietname do Norte e entre os vietnamitas que chegavam para aqui estudar e trabalhar, alguns foram ficando. Depois vieram mais, como sempre sucede, a conselho do que cá estavam, a comunidade formou-se e engrossou. Actualmente o comércio de fruta e legumes frescos é dominado por estes laboriosos cidadãos que, a meias com os paquistaneses, detêm uma extensa rede de pequenas mercearias  e lojas de conveniência. Ao ponto de “loja de vietnamitas” se ter tornado sinónimo de “mercearia de bairro”.sapa-mercado-02

Não será então de espantar a existência de uma série de mercados vietnamitas em Praga, destacando-se o chamado Mercado de Sapa, pelas suas dimensões consideráveis. Localizado nos subúrbios, não é facilmente acessível a partir do centro, mas o visitante que desejar uma experiência diferente e que tiver um fraquinho por comida asiática genuina pode ali deslocar-se.

Sapa é o nome de uma região do norte do Vietname, um dos locais onde se podem observar os arrozais em socalcos, uma zona montanhosa, em altitude, muito apreciada pelos turistas que se baseiam em Hanói para conhecer um pouco do país envolvente. É portanto um nome adequado para este complexo, instalado na propriedade de um antigo matadouro e que hoje, para além do mercado propriamente dito, alberga também um templo budista e uma escola primária.

Fazer compras não será o que aqui trás o visitante ocasional, porque o comércio aqui é feito por grosso. Existem contudo algumas lojas de venda directa ao público, oferecendo uma selecção razoável de lanternas “chinesas” e bens que não interessarão ao leitor (Por exemplo? Filmes, revistas e jornais vietnamitas). É mesmo assim um cenário pictoresco, carregado de informação para todos os sentidos… há camiões que carregam e descarregam, odores novos, sons de uma língua distante.

Mas é o paladar que mais tem a ganhar aqui. Vai-se encontrar no centro de um turbilhão de sabores asiáticos. Há vietnamitas que viajam de outros países europeus para matar saudades de casa e dos verdadeiros sabores da sua terra. Pode optar por um restaurante numa linha mais convencional ou por petiscar nas barraquinhas de comida de rua. Mas há um outro aspecto a ser explorado: se tem condições para cozinhar em casa, aqui vai poder encontrar os mais exóticos ingredientes que lhe permitirão confecionar verdadeira comida asiática. São muitos os checos e residentes estrangeiros ocidentais que atravessam a cidade para aqui se abastecer, aproveitando para experimentar um Pho sentados lado a lado com os genuínos vietnamitas que enchem o mercado.

sapa-mercado-03sapa-mercado-04

O mercado fica localizado na margem sudeste da cidade, junto ao bairro de Písnice. Para lá chegar tem duas opções: apanhar o metro na linha encarnada, sair em Kacerov e passar para o autocarro  113 ou usar a linha amarela do metro, saindo em Smichovske nadrazi e transitando para o autocarro 197/198. A paragem de autocarro servindo o mercado chama-se Sídliště Písnice (Sídliště significa “subúrbio”). O recinto encontra-se aberto ao público desde as 9 da manhã até às 8 da noite. Se preferir um ambiente mais animado, tente ir ao fim-de-semana. Se procura mais espaço e calma, vá a um dia de semana.

Entretanto, se o assunto lhe interessa, ficam aqui links para três excelentes artigos que pode ler sobre o mercado de Sapa em Praga: For Foodies: Guided Tour of Sapa Market; Asian Trade Center SapaPrague’s Sapa Market–A taste of Vietnam in the Bohemian lands.

sapa-mercado-05

1 Comentário

DEIXE UMA RESPOSTA