Saúde em Praga

3
2166

Generalidades

Se for cidadão de um país comunitário, como Portugal, deverá requerer na Segurança Social um Cartão Internacional de Saúde. Munido com este documento, terá acesso na República Checa aos cuidados de saúde tal e qual como se fosse um contribuinte deste país. Terá que pagar cerca de 1 Eur (30 Czk) por uma consulta num posto de saúde, ou, em caso de emergência 24 h, uma taxa de cerca de 3,50 Eur (90 Czk) será aplicada, incluindo todos os exames que forem necessários.

Em termos gerais, numa altura em que o sistema de saúde deixou de ser inteiramente estatal, o ponto de situação não é muito positivo. As instalações e equipamentos tendem a ser algo antiquados, apesar do pessoal manter as salas em imaculada condição. Se precisar de consultar um médico, esteja preparado para uma atitude diferente a que está habituado. São diferenças culturais: nestas partes do mundo os médicos não costumam trocar impressões com os pacientes. Escutam, formam as suas ideias e “decretam”. Terá talvez que puxar pelo médico que o atender para obter informações sobre a sua situação.

Se o seu problema advir de acção criminosa, como um assalto, não se admire se for redireccionado para o hospital da… polícia!

Mesmo que tenha um seguro de saúde, é provável que seja forçado a pagar do seu bolso a factura (no caso de recorrer a cuidados privados) e posteriormente esperar o reembolso da sua seguradora. Fique também ciente que não é certo que sejam aceites pagamentos com cartão de crédito.

Números de emergência: o universal 112 e, para questões médicas (opcional, mais rápido), o 115.

Saúde Pública

Se quiser poupar dinheiro e experimentar o Serviço Nacional de Saúde Checo, pode contar com um hospitais público onde existem um “departamento de estrangeiros”, com o pessoal a falar pelo menos em inglês:

Hospital Universitário de Motol
Morada: V Úvalu 84, 150 06 Prague 5
Telefones: +420 224 433 681, +420 224 433 682, +420 224 433 674
Website (em Inglês): http://www.fnmotol.cz

Saúde Privada

Se desejar um atendimento teoricamente de melhor qualidade, pode dirigir-se a uma das clínicas privadas que asseguram atendimento em língua inglesa, muito populares junto da comunidade de residentes estrangeiros em Praga.

Canadian Medical Care
Talvez a mais popular. Informações detalhadas, inluindo preços, no website indicado abaixo. Espere pagar cerca de 75 Eur por uma primeira consulta, e metade do preço para as visitas seguintes.
Morada: Veleslavínská 1/30, Praga 6
Telefones: +420 235 360 133 ou +420 724 300 301
Website (em inglês): www.cmcpraha.cz/en/index.shtml

Poliklinika Narodni
Convenientemente localizada no centro. Um pouco mais económica, com a primeira consulta a custar pouco mais de 50 Eur e as seguintes a irem para os 25 Eur.
Morada: Narodni 9, 110 00 Praga 1
Telefones: +420 222 075 120, +420 222 075 119; Emergências: +420 777 942 270
Website (em inglês): www.poliklinika.narodni.cz/

Hospital Na Holmoce
Morada: Roentgenova 2, Prague 5
Telefones: +420 257 272 144, +420 257 272 146
Website (em inglês): http://www.homolka.cz/en/

 Farmácias

Em checo, “lekarna” significa farmácia. Como seria de esperar encontram-se espalhadas um pouco por todo o lado. Infelizmente, problemas de comunicação são frequentes; os farmacêuticos não são muito bons com o Inglês, e a especificidade do tema não ajuda.

Aqui fica uma breve tabela de correspondências para os produtos mais comuns (se faltar algum, diga-nos):

  • Analgésico genérico do tipo Trifene 200: Ibalgin;
  • Analgésicos para dores de cabeça e estados febris: Paralen, Valetol;
  • Gel anti-inflamatório para problemas musculares do tipo Reumon Gel: Fastum Gel;
  • Em caso de gripe, tipo Antigripine: Coldrex ou Paralen Plus;
  • Dores de garganta: Tantum Verde (sim, mesmo como em Português)
  • Tosse: Bromhexin ou Stoptussin
  • Para aplicação em pequenos golpe do tipo Betadine: Jodova tinktura.
  • Para tomar depois de uma refeição mais forte e indigesta, do tipo Alkaseltzer: Espumisan.
  • Em caso de diarreia: Endiaron.
  • Para a prisão de ventre: Gutallax.

E agora, uma lista das farmácias de permanência em Praga. O sistema deles é um pouco diferente do nosso. Não existem farmácias de serviço, em escala. São sempre as mesmas, abertas 24 horas por dia, uma por cada divisão administrativa da cidade:

Praga 1: Palackeho 5, tel 224 946 982
Praga 2: Belgicka 37, tel 222 519 731
Praga 4: Vídeňská 800, tel 261 084 019
Praga 5, Štefánikova 6, tel 257 320 918 (only till 10 pm)
Praga 5, V Úvalu 84 (FN Motol), tel 224 435 736
Praga 6, Vítězné náměstí 13, tel 224 325 520
Praga 7, Františka Křižíka 22, tel 233 375 599
Praga 8, Bulovka 282 (FN Na Bulovce), 283 840 501
Praga 10, Plaňanská 1/753, tel 281 019 258

Para verificar a localização destas farmácias, e de outras moradas indicadas neste artigo, poderá usar o Google Maps ou o Mapy.cz.

 

Ricardo Ribeiro viveu durante três anos em Praga, apenas pelo amor à cidade e um dia decidiu criar um website dedicado à sua paixão. Actualmente mantém os fortes laços emocionais e sociais com Praga e passa alguns meses por ano por lá.

3 Comentários

  1. Ricardo, vou viver para Praga durante um ano e o seu blog está a ser de uma grande ajuda 🙂

    Talvez me possa ajudar também nesta questão que é a minha maior preocupação no momento: qual o procedimento normal/adequado para marcar consultas de especilidade de modo a dar continuidade ao acompanhamento médico que tenho em Portugal devido a um problema de saúde?

    Grata, desde já.

    • Boa pergunta, nunca precisei de nada do sistema de saúde. Não estou a ver como posso ajudar, talvez no expats.cz haja alguma info especifica. Sei que existe o chamado “hospital dos estrangeiros” e é tudo o que sei.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here